Teatro do Oprimido é tema de evento gratuito na Lapa

Boal Teatro do Oprimido +10 é faz panorama do Teatro do Oprimido após o falecimento do seu criador Augusto Boal

Em 2019 completa-se dez anos de falecimento do criador do Teatro do Oprimido, o dramaturgo Augusto Boal. Para relembrar sua importante contribuição para as artes cênicas, o Centro de Teatro do Oprimido – CTO abre as portas de seu casarão, na Lapa, para mostrar o quão viva a técnica teatral que reúne exercícios, jogos e métodos elaborados por Boal seguem o legado de Boal. O evento acontecerá no dia 5 de junho, quarta, a partir das 18h, com entrada gratuita.

A programação começa às 18h com apresentação da peça de Teatro-Fórum “Nós não somos invisíveis”, do grupo Marias do Brasil, formado por trabalhadoras domésticas. O espetáculo retrata a origem do trabalho doméstico, aborda as Leis trabalhistas, que, apesar de serem obrigatórias, a categoria continua sendo desrespeitada, quando se trata de seus direitos. As trabalhadoras domesticas são na maioria composta por mulheres negras e pobres, e sofrem as consequências concretas da desigualdade de classe e raça no país.

Em seguida, haverá roda literária com temática que aborda livros sobre o Teatro do Oprimido (TO). A metodologia foi desenvolvida por Augusto Boal na década de 1960 com o objetivo principal usar o teatro como ferramenta de trabalho político, social, ético e estético, contribuindo para a transformação social. 

Cecília Boal, esposa do teatrólogo fala sobre a trajetória de Boal no Teatro de Arena: “Cecília conta Boal”. Encerrando o evento, os Curingas do CTO fazem a roda de conversa “Os Curingas e suas cartas” sobre os principais desafios e descobertas que realizaram com o teatrólogo, sobretudo, em relação aos desdobramentos e desafios enfrentado pelo método TO após o falecimento de seu criador em 2009.

Atualmente o Centro de Teatro do Oprimido tem em andamento os projetos: Circuito Teatro d@ Oprimid@ Petrobras, patrocinado pela Petrobras, e o Ponto de Cultura, patrocinado pela Secretaria Municipal de Cultura do Rio e o programa Cultura Viva.
 
Programação
18:00h – Abertura
18:30h – Peça de Teatro-Fórum – Marias Do Brasil
19:30h – Apresentação dos Livros
20:30h – Cecília conta Boal + vídeo
21:10h – Boal + 10 – Curingas e suas cartas
22:30h – Encerramento
 
Serviço
Boal Teatro do Oprimido + 10. Centro do Teatro do Oprimido – Av. Mem de Sá, 31, Lapa. Data: 05 de junho (quarta). Horário: das 18h até 22:30h. GRÁTIS. Informações: (21) 2232-5826

Seja o primeiro a comentar