Metá Metá traz rock reinventado e versos inspirados em orixás para show no Rio

Juçara Marçal, Kiko Dinucci e Thiago França desembarcam no Rio de Janeiro para trazer o som da banda Metá Metá para o palco da Caixa Cultural no dias 6 e 7 de maio. No repertório estão as músicas do CD MetaL MetaL e duas músicas inéditas – uma prévia do novo trabalho previsto para ser lançado ainda neste ano.

Em meio a tanto “barulho”, o trio faz música para encantar, apreciar, relaxar e em alguns momentos dançar. A voz suave de Juçara embala o Metá Metá com leveza musicada, que em alguns momentos se torna trovão, quase um grito de guerra.

Metá Metá_foto do José de HolandaSem rótulos,  o nome da banda é inspirado na língua ioruba e significa “três em um” e mostra-se uma invenção musical com influências da cultura afro brasileira. Juçara, Kiko e Thiago misturam ritmos africanos e brasileiros ao rock, groove, punk, noise, jazz a versos inspirados em orixás com baixo bem marcado acompanhado por violão e saxofone bastante presentes, além de instrumentos de percussão. Uma verdadeira liberdade sonora.

Com fãs em São Paulo, o grupo quer mostrar no Rio sua experiência musical. “Faremos uma surpresa ao público porque ainda não decidimos quais serão as novas músicas que apresentaremos no show. Decidimos isso sempre no dia da apresentação”, diz Juçara Amaral.

Serviço:

Metá Metá na CAIXA Cultural Rio de Janeiro. Teatro de Arena (Avenida Almirante Barroso, 25, Centro). Metrô: Estação Carioca. Telefone: (21) 3980-3815. Data: 6 e 7 de maio (sexta-feira e sábado). Horário: 19h. Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia. Lotação: 226 lugares (+4 para cadeirantes). Bilheteria: terça-feira a domingo, das 10h às 20h. Classificação Indicativa: 12 anos.

 

Seja o primeiro a comentar