Damas do Sertanejo, mulheres comandam show na Lapa

Mulheres invadem o mundo sertanejo cantando o empoderamento feminino, a liberdade sexual e o combate à violência doméstica.

Elas cantam o empoderamento feminino, a liberdade sexual e o combate à violência doméstica. As Damas do Sertanejo contemporâneo soltam a voz em canções politizadas, que enaltecem o poder da mulher e alçaram vôo no gênero musical tradicionalmente masculino. É essa força feminina que vai subir ao palco do Lapa 40 Graus, na Lapa, no sábado (26 de novembro) com Gabi Lima, Anna Paula Brito e Layza Aleixo cantando sucessos Marília Mendonça, Maiara e Maraísa, Paula Mattos, Naiara Azevedo, Simone e Simaria, Paula Fernandes e outros hits do sertanejo.

gabi-lima-_-foto-marcos-serra-lima
Gabi Lima apostou no estilo universitário (Foto: Marcos Serra Lima)

Se as pioneiras Irmãs Castro, Irmãs Galvão, Sula Miranda e sua irmã Roberta Miranda cantavam o amor cheio de “Beijinho Doce” e “Colcha de Retalhos”, as sertanejas atuais não sofrem em silêncio, voltam para casa na hora que querem, não reprimem suas vontades, esnobam e castigam os algozes dos seus corações enquanto se divertem com as amigas. E tudo isso poderá ser visto neste show cujo repertório inclui os hits “Eu Sei de Cor”, “Alô Porteiro”, “Infiel”, “50 reais”, “Ex do seu Atual”, “Vou te trair”, “Tantos Planos”, “10%”, “Medo Bobo”, “Motel”, “Dois Idiotas”, “Amor Mal Resolvido”, “Regime Fechado”, “126 Cabides”, “Duvido Você Não Tomar Uma”, “Eu Sem Você”, “Não Precisa”, “Pássaro de Fogo”, “Pra Você”.

laysa-aleixo-foto-reproducao-facebook
Laysa Aleixo canta do modão sertanejo ao arrocha (Foto: Reprodução Facebook)

A carioca Gabi Lima, de 22 anos, por exemplo, apostou no estilo universitário e lançou a música “Fica a dica”, que fala das mensagens que se manda equivocadamente para a pessoa errada após alguns tragos de álcool. E assim como as grandes damas do sertanejo atual, ela sabe bem o que é “dar a volta por cima”. Aos 4 anos, ela e a família perderam tudo quando o Edifício Palace II, na Barra da Tijuca, desabou.

Neste novo momento da música protagonizado por mulheres, Anna Paula Brito empresta sua melodiosa voz à cultura sertaneja, resgatando origens, valorizado as tradições e o romantismo. Anna faz surpreendentes mashups de pop internacional e sertanejo como, “Nocaute” & “Just the Way You Are”; “Logo Eu” & “Valerie”, “Os Anjos Cantam & Counting Stars”. Atualmente ela faz dupla com o cantor Saulo de Tarso.

A noite de “Damas do Sertanejo” no Lapa 40 Graus recebe ainda Laysa Aleixo fazendo um passeio musical pelo do modão sertanejo, flertes como arrocha e o dançante estilo universitário. Abertura do show com a Banda Signus fazendo a gafieira moderna do Lapa 40 Graus. DJs no intervalo.

Serviço

Damas do Sertanejo no Lapa 40 Graus – Rua Riachuelo, 97 – Lapa/RJ. Sábado (26 de novembro). Horários: Gafieira Moderna (20h) | DJs (22h às 5h) | Damas do Sertanejo (1h30). Capacidade: 1.200 pessoas. Censura: 18 anos. Cartões de Crédito e Débito: Visa e MasterCard. Estacionamento próprio: Não. Acesso para deficientes físicos: Sim. Internet sem Fio (Wi-Fi): Sim. Telefone: (21) 3970-1338. Reservas de mesas e camarotes: contato@lapa40graus.com.br. Site: www.lapa40graus.com.br. É obrigatória a apresentação de documento com foto e data de nascimento para entrar na casa. Não é permitido o acesso de menores de 18 anos, mesmo que acompanhados por um adulto. Ingressos: Até às 23h: R$30,00 (Feminino) / R$ 40,00 (Masculino) – sujeito a alteração na bilheteria.

Seja o primeiro a comentar