Cervantes comemora 61 anos de sabores no Rio

Jantares entre casais, confraternizações de amigos, o bate-papo regado a chopes e sanduíches, marcam os 61 anos de atividade do restaurante Cervantes, no Rio de Janeiro. Criado em 1955, o lugar é conhecido por seus caprichados e saborosos pratos e sanduíches, bebidas geladas e chope bem tirados. Ponto de encontro na madrugada carioca para quem está em Copacabana e a na Barra da Tijuca, seu cardápio farto inclui entradas, saladas, mais Sanduíche Cervantes3de 30 opções de sanduíches, carnes diversas, peixes e crustáceos, aperitivos, drinques, chopes, vinhos e whiskies, sobremesas compostas por frutas da estação, compotas, doces portugueses.

Quem conheceu a casa em junho de 1955, vai se lembrar dela como uma mercearia. Dez anos depois, Halmuss Zalman, fundador do local, vendeu o ponto para espanhóis. Veio a transformação do Cervantes na famosa Avenida Prado Júnior, em Copacabana, com a integração de restaurante que passou a abrir ao meio-dia e a fechar de madrugada. Um prato cheio para os boêmios.

Cervantes comemora 60 anos de sabores no Rio2Sessenta anos passados, o Cervantes continua recebendo prêmios em diversas modalidades e seu o cardápio traz sanduíches que mantém a tradição de serem feitos no pão de leite, com recheio muitíssimo farto. O mesmo acontece com as saladas, por exemplo, a salada russa, e pratos diversos como o lombinho c/ abacaxi e salada ou a sobremesa abacaxi em conserva.

 

Seja o primeiro a comentar