Brasil é rota de comida em impressão 3D servida por restaurante itinerante

Você já deve ter escutado falar em objetos criados em impressoras 3D. Elas são um sucesso mundial e se mostraram capazes de criar casas, equipamentos médicos, veículos, ferramentas, roupas, acessórios, instrumentos musicais e comida. Sim, comida!

primeiro restaurante de comida impressa em 3D do mundo_02Prova disso é o restaurante itinerante Food Ink., que viaja o mundo com sua proposta eclética, futurista e criativa de oferecer experiência gastronômica onde boa cozinha encontra a arte, a filosofia e as tecnologias do futuro. A equipe é composta por arquitetos, artistas, chefes de cozinha, designers, engenheiros e reivindica o título de “primeiro restaurante de impressão 3D do mundo”.

Da cozinha saem homus, mousse de chocolate, purê de pêra, queijo de cabra, massa de pizza e outros itens pastosos feitos a partir de impressoras 3D fabricadas pela companhia holandesa byFlow. Todos os pratos utilizam ingredientes frescos e alguns necessitam de técnicas da gastronomia molecular no preparo. A comida é criada camada por camada e, depois, recebe guarnições feitas à moda antiga.

A ideia central do Food Ink. é fomentar discussões em torno do futuro da alimentação, saúde, nutrição mostrando que a tecnologia tem total capacidade para mudar nossos hábitos culturais e alimentares. “Empregar tecnologias mais inovadoras, como impressão 3D e realidade aumentada, para elaborar a experiência mais interativa e prazerosa possível.”, diz a filosofia da empresa inaugurada em abril na cidade de Venlo, Países Baixos.

primeiro restaurante de comida impressa em 3D do mundo_03Itinerante, o restaurante já passou pela Espanha, Holanda e agora segue para o Reino Unido, onde ficará em Londres entre os dias 25 e 27 de julho. Detalhe: o mobiliário do local também é feito a partir de impressão 3D, incluindo banquetas criadas pelo arquiteto Arthur Mamou-Mani, que estão disponíveis como presente para quem contribuir com a campanha no Kickstarter – maior site de financiamento coletivo do mundo e que busca apoiar projetos inovadores – para construir uma instalação no festival Burning Man (2016), festival de contracultura, realizado todos os anos em Black Rock Desert, no estado americano de Nevada.

Nos próximos meses, o Food Ink. será montado em locais como Berlim, Dubai, Seul, Roma, Paris, Las Vegas, Tóquio, Sydney e São Paulo.

 

Seja o primeiro a comentar