André Frateschi canta sucessos do rock nacional na Cinelândia

Fotos: Brunno Dantas

André Frateschi é dono de carisma, tem presença de palco e arrebanha multidões em seus shows. Cantando rock nacional e internacional ele sagrou-se como Popstar ao sair vencedor do reality musical da TV Globo. Agora, atendendo ao pedido do público, ele volta ao palco do Teatro Rival Petrobras, no dia 23 de fevereiro, às 21h, para uma nova apresentação do show “BRock is Back – Tributo ao Rock Nacional”. O show inclui a nova música de trabalho, a balada pop “Love Love Love” e participações especiais.

Foto: Brunno Dantas

O repertório de BRock is Back passeia pelas décadas de 80/90 trazendo ao palco o essencial do rock vigoroso e contestador da época, exaltando artistas e bandas como Cássia Eller, Cazuza, Nação Zumbi, Barão Vermelho, Plebe Rude, Titãs, Paralamas e, claro, Legião Urbana.

Quem já curtiu uma noite de rock com André ao palco, sabe que sua performance é de uma energia inexplicável. Que o digam os fãs da Legião Urbana, que sentiram-se representados e o acolheram generosamente em 2016, quando André foi vocalista da turnê comemorativa “Legião Urbana XXX anos”, onde se apresentou ao lado do baterista Marcelo Bonfá e do guitarrista Dado Villa-Lobos.

“Essa é uma coisa que eu jamais poderia esperar e estou realmente vivendo um sonho”, recorda. E o primeiro show de André Frateschi pós-vitória no Popstar foi no Teatro Rival Petrobras. “Foi uma grande honra pisar nesse palco sagrado onde tantos grandes nomes já estiveram”, disse o cantor na ocasião, minutos antes de encerrar o show que teve casa lotada.

 

E o rock nacional está na veia de André Frateschi. Quando recorda momentos sonoros da Legião Urbana, uma memória vem à tona: ele estava no camarim da banda há 30 anos, quando era uma criança, e hoje está no palco cantando canções que marcaram os tempos. Anos depois o ator e cantor emocionou o Brasil com as performances de arrepiar com “Hey Jude”, na TV. Depois de realizar o sonho de cantar as músicas de um de seus maiores ídolos, André foi impactado pela experiência de se comunicar com o público em seus idiomas nativos: o português e o rock.

Foto: Brunno Dantas

Há oito anos criou a Heroes; revisitou clássicos de Tom Waits ao lado da cantora Cida Moreira e com sua esposa e parceira musical Miranda Kassin, lançou os Hits do Underground, onde reuniu o melhor da produção musical independente dos anos 2000. Em 2014, André lançou seu primeiro álbum autoral – “Maximalista”.  Em 2017, André foi escalado como frontman da Rock Street Band, banda residente do Rock District, criada especialmente para o Rock in Rio 2017 e formada por Mauro Berman (baixo), Lourenço Monteiro (bateria), Ge Fonseca (teclado/guitarra/violão) e Fernando Vidal (guitarra).


Serviço

Teatro Rival Petrobras – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro. Informações: (21) 2240-9796. Capacidade: 400 pessoas. Data: 23 de fevereiro (Sexta). Horário: 21h. Abertura da casa: 20h. Censura: 18 anos. www.rivalpetrobras.com.br. Ingressos: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia) – Pista. Venda antecipada pela Eventim – http://bit.ly/Ingressos2z0P23j. Bilheteria do Teatro Rival – Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 22h Metrô: Estação Cinelândia.

Confira como foi o último show de André Frateschi no Teatro Rival

Crédito das imagens: Brunno Dantas

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Seja o primeiro a comentar