Prince morre aos 57 anos

prince 3
Na semana passada, o cantor passou mal e foi internado às pressas

Prince marcou o mundo com sua música. Sempre na lista de Hits, “Little red corvette” (1983); “Purple rain” (1984); “Kiss” (1986); “BatDance” (1989); “The most beautiful girl in the world” (1995) embalaram muitas festas. No cinema, estreou o filme “Purple rain” (1984) sucesso de público que arrecadou mais de US$ 80 milhões. Bilheteria bem diferente de “Under the cherry moon” (1986), seu segundo filme, considerado um fracosso e ganhador do “Framboesa de ouro”. Polêmico, o popstar deixou uma legião de fãs – muitos deles famosos – entristecidos com sua morte nesta quinta-feira, 21 de abril, em Minessota, nos Estados Unidos.

A causa da sua morte ainda não foi revelada e uma autópsia será realizada no corpo do cantor amanhã, dia 22. “É com profunda tristeza que eu confirmo que o lendário e icônico artista Prince Roger Nelson morreu em sua residência em Paisley Park, aos 57 anos”, anunciou a assessora do artista, Yvette Noel-Schure, à imprensa americana. Prince foi encontrado morto em sua casa.

“Quando agentes e a equipe médica chegaram (à casa de Prince nesta quinta-feira), eles encontraram um homem adulto desacordado no elevador. Os profissionais tentaram fazer primeiros socorros, mas não conseguiram reanimar a vítima”, informa o comunicado.

Na semana passada, o cantor passou mal e foi internado às pressas. Segundo o site ‘Los Angeles Times’, na ocasião, o jatinho em que ele estava foi obrigado a fazer um pouso de emergência em Illinois, Estados Unidos; dois shows da turnê ‘Piano and a Microphone’ foram cancelados, mas ele foi liberado pelos médicos para retornar para casa. Fontes do site falaram que ele estava gripado, porém, especula-se que a causa da morte tenha sido por conta de um possível uso de drogas. Nada está confirmado. A polícia investiga a morte e aguarda o resultado da autópsia.

Barack Obama: "O mundo perdeu um ícone criativo"
Barack Obama: “O mundo perdeu um ícone criativo”

Barack Obama, Madonna, Katy Perry, Mick Jagger, Justin Timberlake lamentaram a morte nas redes sociais. Em seu Facebook, Obama, presidente dos Estados Unidos, escreveu “O mundo perdeu um ícone criativo. Michelle e eu nos juntamos a milhões de fãs em luto pela morte repentina de Prince. Poucos artistas influenciaram o som e trajetória da música popular ou tocaram tantas pessoas com seu talento. Como um dos mais privilegiados e produtivos músicos de nosso tempo, Prince fez tudo. Funk. R&B. Rock and roll. Ele foi um instrumentista virtuoso, um líder musical brilhante e um intérprete eletrizante. Nossos pensamentos e orações estão com sua família, banda e todos que o amavam.”

O líder dos Rolling Stones, Mick Jagger, expressou sua tristeza no microblog Twitter: “Estou profundamente chocado com a morte de Prince. Ele foi um artista revolucionário, um grande músico, maravilhoso compositor, surpreendente guitarrista, mas, mais importante, autêntico em todos os sentidos. O talento de Prince era sem limites. Ele era um dos artistas mais talentosos e únicos dos últimos 30 anos.”

TRAJETÓRIA

Prince nasceu em 7 de junho de 1958, se casou duas vezes. E fez apenas um show no Brasil, em 1991, no Rock in Rio, no Maracanã.

prince 2
Até a semana passada Prince viajava em turnê nos Estados Unidos

O popstar alçou voo nos anos 1970 com as músicas “Why You Wanna Treat Me So Bad?” e “I Wanna Be Your Lover’. Mas foi em 1984 que ele se tornou um fenômeno internacional com “Purple Rain”. O disco vendeu mais de 20 milhões de cópias e ficou 24 semanas no topo da Billboard. Com o álbum escolhido pela revista especializada “Rolling Stone” como um dos 500 melhores de todos os tempos, em 1985, Prince conquistou dois prêmios Grammy, de Melhor Álbum de Trilha Sonora Original e Melhor Performance Vocal de Rock. Também conquistou o Oscar de Melhor Canção Original com o filme homônimo e virou um clássico cult.

Aos 57 anos de idade, sendo 40 anos de carreira, o ídolo pop ganhou sete Grammys, foi nomeado ao Hall da Fama do Rock em 2004, cantou na final do futebol americano, o Super Bowl. Em 2005, depois da tragédia provocada pelo pelo furacão Katrina em Nova Orleans, Prince gravou duas músicas em homenagem a cidade: “SST” e a instrumental “Brand New Orleans”. Sempre na ativa, até a semana passada ele viajava em turnê nos Estados Unidos fazendo shows do seu disco mais recente, “HITnRUN: Phase Two”.

Seja o primeiro a comentar