CCBB reabre com o mestre do concretismo, Ivan Serpa

A exposição Ivan Serpa: a expressão do concreto que apresenta a ampla retrospectiva de um dos mais importantes mestres da história da arte brasileira reabre ao público hoje ,quarta-feira, 16, adaptada às novas medidas de segurança sanitária.

Site do CCBB está fora do ar desde o final de novembro - Jornal O Globo

Então, não haverá serviço de bilheteria física. O acesso ao prédio será permitido apenas mediante agendamento pelo site Eventim. Exposição Ivan Serpa: A Expressão do Concreto no 1º andar e a Confeitaria Colombo no 2º andar. Nesta primeira etapa de reabertura, os teatros e cinemas permanecerão fechados.

Exposição reúne a arte plural de Ivan Serpa - Cultura - Estadão

O público carioca finalmente poderá visitar esta importante exposição ambientada no primeiro andar do CCBB-Rio que foi fechada por conta da pandemia do covid-19 dez dias depois de inaugurada em 04 de março.

A exposição Ivan Serpa: a expressão do concreto apresenta mais de 200 trabalhos, de diversas fases do artista que morreu precocemente (Rio de Janeiro, 1923/1973), mas deixou obras que abrangem uma grande diversidade de tendências, utilizando várias técnicas, tornando-se uma referência para novos caminhos na arte visual nacional.

Ivan Serpa – Wikipédia, a enciclopédia livre

Ivan Serpa: a expressão do concreto resume a essência da obra desse artista que, apesar de ser mais conhecido pelo Concretismo, também se aventurou pela liberdade do expressionismo, sem nunca perder contato com a ordem e a estrutura. Trata-se de uma exposição única, de um artista complexo, definitiva para reascender a memória sobre esse operário da arte brasileira.

“Ivan Serpa surpreende até hoje por sua extrema sensibilidade, pelo seu permanente compromisso com a liberdade que alimenta a verdadeira criação artística. Enquanto críticos e teóricos cobravam do artista uma coerência estética, veiculando-a a uma determinada escola artística, Serpa respondia com a ousadia e o desprendimento característico dos verdadeiros criadores. Entre tantos ensinamentos, a lição que Serpa nos lega é essa ânsia, esse compromisso permanente com a liberdade e a ousadia que transforma a aventura humana em algo sublime e transformador. Por isso, hoje e sempre, é preciso manter contato com a produção desse artista exemplar que transforma formas e cores num caleidoscópio mágico, múltiplo e íntegro em sua linguagem expressiva”, diz Marcus de Lontra Costa, um dos curadores da exposição.

Abertura da exposição “Ivan Serpa – a expressão do concreto”, no CCBB – Ze  Ronaldo

Seja o primeiro a comentar